fev 162016
 

Antes de abrir uma empresa é preciso analisar em qual segmento e ramo de atividade sua ideia de negócio se enquadra.

Veja cada um dos segmentos e suas características:

  • Indústria: empresa que transforma matérias-primas em produtos semiacabados ou acabados. Este segmento inclui desde o artesanato até a produção de alta tecnologia.
    São consideradas indústrias: empresas de confecção de roupas, fabricação de produtos alimentícios, produção de equipamentos eletrônicos, etc.
  • Comércio: tem como propósito vender mercadorias (desde matérias-primas até produtos acabados) para consumidores.
    O comércio pode ser:

o Varejista, quando o consumidor final é a pessoa física que adquire para consumo próprio.
o Atacadista, quando o consumidor final é a pessoa jurídica que adquire para revenda ou para produção de outras mercadorias.

    São consideradas empresas de comércio: um bazar, uma mercearia, um depósito de materiais de construção, um mercado, etc.

  • Prestação de serviços: voltado à oferta de serviços a partir de conhecimentos especializados.
    São consideradas empresas de prestação de serviços: consultórios médicos, escolas, hospitais, salões de beleza, etc.

Quando a empresa atua em apenas um dos segmentos, é denominada sociedade simples. Por exemplo, um advogado, um dentista e outros profissionais. Sociedade simples não tem relação com o sistema tributário Simples Nacional. Mas, este é assunto para outro post.

Há casos em que a empresa pode atuar em mais de um segmento simultaneamente, denominada sociedade empresária. Por exemplo:

  • Uma padaria que produz e vende o pão é indústria e comércio.
  • Uma escola de inglês que oferece o curso e o material didático (apostilas e mídias) é prestadora de serviços educacionais e comércio.

É importante se informar bem sobre o tipo de sociedade (simples ou empresária), pois esta denominação influencia na classificação tributária da empresa. No entanto, ainda há muita discussão entre advogados e contadores sobre as diferenças entre uma e outra.

Enfim, após identificar o segmento você já pode analisar em qual ramo de atividade sua ideia está inserida. A lista de opções é grande e você pode consultar no Sebrae do seu estado.