fev 152016
 

Quando se pensa em abrir uma empresa há milhares de possibilidades. No entanto, quanto mais opções, mais dúvidas não é verdade?

Então veja aqui algumas dicas que te ajudarão a descobrir qual o melhor negócio para você.

Analise suas experiências pessoais e profissionais, hobbies, personalidade, conhecimentos e habilidades. Isso pode te ajudar a ter ideias compatíveis com suas características, mas não ignore o fato de que é possível uma descoberta acidental como foi o caso da Coca-Cola que surgiu a partir da melhoria de um xarope e do escorredor de arroz que surgiu quando sua inventora lavava os grãos.

O próximo passo é a pesquisa. Faça uma busca de informações atualizadas sobre produtos/serviços e o mercado. Se você já tem uma ideia considere-a na pesquisa, mas se ainda não tem, aprofunde sua busca considerando suas características e a ideia poderá surgir.

Pense que você pode:

• Inventar um produto ou serviço novo – se existe um público com uma necessidade de produto/serviço não atendida. Como por exemplo, a Apple que lançou o iPad como o primeiro computador de mão com teclado, mouse e internet embutidos e controlado por apenas um botão.

• Estabelecer um novo mercado consumidor – se existe um público que não tem acesso a um determinado produto/serviço já disponível em outros locais. Por exemplo, uma casa de itens típicos do nordeste num bairro paulistano.

• Inovar – o público pode ser beneficiado com inovações em algum produto/serviço já disponível no mercado. Como blindagem de veículos.

Analise suas condições financeiras: quanto dinheiro pode investir; quanto tempo pode esperar pelo retorno financeiro; qual sua expectativa de lucro.

Faça uma lista das oportunidades que identificou.

Lembre-se: o importante é o diferencial no mercado e a capacidade de competir de forma planejada e ousada na medida certa.

Se você ainda não teve uma ideia pode dar uma olhada na lista de mais de 400 sugestões do Sebrae.