out 302013
 

Difícil é um adjetivo que atribuímos à pessoa que não atende as nossas expectativas, ou seja, não age da maneira como esperamos.

Desta forma, não existe uma pessoa que seja difícil para todo mundo e não existe alguém que não tenha sido difícil pelo menos uma vez na vida.

Pense que: se alguém já se sentiu incomodado com uma atitude sua, você também foi ou é uma pessoa difícil.

Muitas vezes a atitude de uma pessoa é normal aos olhos dos outros, mas como não atendeu suas expectativas você acaba rotulando-a como “difícil”.

Relacionar-se diariamente com muitas pessoas difíceis pode fazer da sua vida um verdadeiro inferno.  Mas você pode evitar isso:

Uma dica simples para evitar que você tenha muitas pessoas difíceis no seu relacionamento diário é não criar expectativas sobre elas. Não espere que as pessoas façam as coisas do seu jeito, afinal cada pessoa é diferente da outra.

O importante é viver em paz para ter uma vida saudável e produtiva, porque uma pessoa feliz produz sempre mais e melhor.

Quando alguém agir de maneira contrária ao que você esperava e lhe criar um problema, pense na possibilidade de estreitar o relacionamento com essa pessoa para identificar a melhor solução.  Procure não olhar para o problema como uma questão pessoal ou criará um conflito que pode crescer como “bola de neve” e no futuro será necessária a interferência de outros para apaziguar a vida dos envolvidos.

Não existe empresa onde você não encontrará uma pessoa difícil. Para falar a verdade você encontrará várias pessoas difíceis ao longo de sua carreira profissional.

Então a vida profissional é sempre um inferno?

Não!! Muita calma nessa hora.  É importante lembrar que:

  • Ninguém é fácil, nem mesmo você.
  • Uma pessoa difícil não é difícil em todos os momentos.
  • Olhar as situações como questões pessoais, pode ser uma falta de maturidade emocional.
  • Qualquer pessoa tem um interesse quando age de determinada forma, inclusive você.

Não fique pensando que a empresa não está enxergando as pessoas difíceis.  Acontece que a empresa entende a singularidade e a diversidade de personalidades e a partir deste conhecimento administra os relacionamentos de acordo com seus interesses.

Às vezes, uma pessoa que é constantemente considerada difícil pela maioria dos colegas só tem tal comportamento porque está no lugar errado (cargo ou função).

Em momento algum tente mostrar aos colegas que a pessoa que você considera difícil é “difícil”, caso eles não concordem com você “o feitiço virará contra o feiticeiro” e sua jornada profissional fica comprometida.

É possível que a empresa coloque em um mesmo grupo pessoas difíceis com relacionamento conflituoso e tire proveito disso. Exemplo: em um projeto que envolve um valor financeiro alto essas pessoas vão discutir mais sobre as decisões com pontos de vista diferentes e às vezes contraditórios. Isso é importante porque quanto mais discutimos, mais aprendemos e descobrimos novas possibilidades.

O inverso também acontece. As empresas também precisam de pessoas que tenham afinidade para compor um determinado grupo de projetos. Exemplo: Em um grupo de projeto para lidar com crianças ou pessoas doentes não é interessante ter pessoas em conflito. Neste caso, é interessante ter pessoas com conhecimentos que se complementam, elas discutem, acrescentam ideias, e vivendo em harmonia irão transmitir esse sentimento.

Ou seja, existe espaço para todos é só identificar o seu e seguir com sutileza.

Você pode melhorar seus relacionamentos identificando a personalidade de cada um para tirar o melhor proveito e atingir os seus interesses. Mas antes é importante o autoconhecimento.

Em primeiro lugar admita que você é difícil ou que não existe ninguém difícil!

Se você admitir que é uma pessoa difícil, vai perceber que os outros também têm o direito de ser difícil de vez em quando e daí sem perceber você se torna uma pessoa mais compreensiva e aberta ao diálogo.

Se você admitir que ninguém é difícil – apenas reage diferente de você de vez em quando, o efeito será o mesmo: você se torna mais compreensivo.

Quando se rotula uma pessoa a tendência é concentrar nela uma energia desnecessária, passando a observá-la constantemente fazendo julgamentos preconceituosos e os demais vão olhar pra você como o problema da empresa.

Portanto, quando alguém não atender suas expectativas o ideal mesmo é tornar-se mais próximo e melhorar o relacionamento para abrir o jogo. Mas se não for possível, apenas evite expressar comentários com outros que não tenham a mesma opinião.

Dedicar-se ao bom relacionamento com as pessoas fará a sua vida melhor.